terça-feira, 8 de junho de 2010

TRABALHO ESCOLAR (TEORIA DE VYGOTSKY)

Vygotsky pensam que o desenvolvimento do indivíduo implica não somente em mudanças quantitativas, mas sim, em transformações qualitativas do pensamento. Ambos reconhecem o papel da relação ente o indivíduo e a sociedade e, em Vygotsky é esta relação que determina o desenvolvimento do indivíduo.
Ao desenvolver sua teoria, parece não ter pretendedo criar um modelo simples e de experiências cultural do adulto para a criança.
Face a esse entendimento de Vygostky temos que nos perguntar, como professores, que tipos de ambientes de aprendizagem são mais adequados para gerar aprendizagens e favorecer o desenvolvimento da criança.
Vygotsky tem uma visão sócio-construtivista do desenvolvimento com ênfase no papel do ambiente social no desenvolvimento e na aprendizagem; a aprendizagem se dá em colaboração entre as crianças e entre elas e os adultos.
Colocando de outra forma, para Vygotsky a aprendizagem é produto da ação dos adultos que fazem a mediação no processo de aprendizagem das crianças.
Neste processo de mediação, o adulto usa ferramentas culturais tais como a linguagem e outros meios, e muito mais que ser um processo de assimilação e acomodaçã Resumindo: Vygotsky nos fornece uma pista, sobre o papel da ação docente: o professor é o mediador da aprendizagem do aluno, facilitando-lhe o domínio e a apropriação dos diferentes instrumentos culturais. Mas, a ação docente somente terá sentido se for realizada no plano da Zona de Desenvolvimento Proximal. Isto é, o professor constitui-se na pessoa mais competente que precisa ajudar o aluno na resolução de problemas que estão fora do seu alcance, desenvolvendo estratégias para que pouco a pouco possa resolvê-las de modo independente.
É preciso que a Escola e seus educadores atentem que não tem como função ensinar aquilo que o aluno pode aprender por si mesmo e sim, potencializar o processo de aprendizagem do estudante. A função da Escola é fazer com que os conceitos espontâneos, informais, que as crianças adquirem na convivência social, evoluam para o nível dos conceitos científicos, sistemáticos e formais, adquiridos pelo ensino. Eis aí o papel mediador do docente.



PROCESSO EDUCACIONAL

o processo educacional que tem como elementos consagrados o professor, o aluno, o sistema gestor e a família, institucionalizados na escola necessita de constantes ajustamentos á realidade externa, a fim de cumprir o seu papel na sociedade.
A educação informal é anterior á educação formal, sistematizada por isso se faz necessário valorizar e cultuar estes conhecimentos que formam e sustentam o ser humano, servindo de base para o desenvolvimento de uma educação sistematizada mais eficiente, devido a sua adequação à realidade.
Nessa perspectiva, para que a escola como uma instituição social, possa participar desse processo de desenvolvimento e transformação, necessita revisar e redefinir papéis até agora existentes,a fim de adaptar-se ás novas exigências sociais, transformando a educação escolar em um dos instrumentos de desenvolvimento individual, social, e econômico.
A importância de um processo educacional deve ser principalmente não só ao professor e ao aluno mas, a um espaço de comunicação entre si, que estabelece um processo de ação partilhada, onde a metodologia de ensino é fundamental e importante para o alcance do planejamentos dos alunos .










RECIFE
UNIVERSIDADE VALE DO ACARAÚ-UVA
LICENCIATURA PLENA EM PEDAGOGIA
NÚCLEO EDUCACIONAL COLÉGIO VERA CRUZ


FABÍOLA FERREIRA DE MORAIS



QUAL A RELAÇÃO ENTRE AS REFERÊNCIAS TEORICAS DE VYGOTSKY E OS PROCESSOS EDUCACIONAL












RECIFE

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário